Favoritos || Junho'17

11:00

   Segundo mês consecutivo em que os favoritos chegam com um delay de alguns dias, mas não falham aqui no estaminé! Sei que é um dos posts de que vocês mais gostam - pelo menos é esse o feedback que passa para o lado de cá -, e isso deixa-me muito feliz porque é também um post que gosto muito de escrever. Assim sendo, convido-vos humildemente a saberem mais sobre o meu mês de Junho!



   Apesar de ter ficado de férias logo após o início do mês, aventurei-me de forma ambiciosa nos exames para melhorias de nota e, assim sendo, os dias das últimas semanas foram confinados à biblioteca e ao estudo. Independentemente de conseguir ou não melhorar as notas (isto porque nunca sei se os exames/frequências me correm bem ou, pelo menos, prefiro não pensar muito nisso), sei que dei o meu máximo e que me esforcei. Independentemente das notas finais, dei o meu melhor e isso, para mim, é o mais importante. Agora, que todo o esforço ficou para trás, é hora de aproveitar o Verão e por em prática tudo o que tenho planeado para as semanas que me restam antes do estágio e da dissertação, naquele que será o segundo e último ano do mestrado.


   Os cuidados de Junho foram do mais básico que podem imaginar. Em épocas de exames deixo-me para o último dos últimos planos porque nem sempre é possível fazer o tempo esticar e tento focar-me no que realmente importa. 
   Assim, apenas priorizei a hidratação - labial e corporal - e estes foram os meus amiguinhos nessa tarefa. Falei do Carmex neste post, a água de rosas da Avon veio na Beauty Box, o batom da YR tem durado e durado (e ainda bem!) e veio das mãos da conselheira de beleza Mónica Soares, a manteiguinha com o nome do blog foi um miminho da Inocos e os restantes produtos são bem conhecidos.

   Em Junho regressou, finalmente, Orange Is The New Black que, para que não sabe, é uma das minhas séries preferidas. Vi-a de rajada no Verão passada e falei disso aqui e, desde então, estava ansiosa por esta temporada. Como devem calcular, não demorei até limpar os episódios e foi fantástico. Esta temporada passou-se em poucos dias, pelo que eles chegaram até nós bem detalhados e cheios do power que era necessário para dar continuação ao que tinha ficado em aberto. 
   Não menos importante, com o final das aulas sobrou mais tempo livre para por as restantes em dia, o que tem sido feito gradualmente. The 100 foi a primeira e, confesso, a última temporada está mesmo fantástica. Não sendo eu uma fã do género que inclua ficção científica, acreditem que não sou suspeita ao dizê-lo. Também Mr. Robot foi atualizada, tal como Scream Queens. São séries completamente diferentes e, ainda que me perca um pouco em alguns episódios de Mr. Robot, não consigo deixá-la por ver. Já Scream Queens teve os seus últimos episódios e, ainda que seja uma daquelas séries em que nos rimos de tão parva que é, confesso que não fiquei com muita pena.
   Também Pretty Little Liars teve o seu fim depois de tantas temporadas e episódios de mistério. Continuo a achar que um episódio vale pela temporada toda e assim foi também no final. Fiquei feliz por ter acabado depois de tantos twists e, mais que isso, fiquei feliz por ter um final do qual ninguém estava à espera.
   Outra série que retomei a ver foi Once Upon a Time e tem-me acompanhado até agora. 
   A nível de filmes, o mês foi bem fraco! Vi apenas o Before We Go depois de o ver numa publicação de uma amiga no facebook e ter chamado a minha atenção. Obviamente que adorei o casal protagonista e fiquei de coração apertadinho no final, mas isso já não é novidade para uma lamechas como eu.

   Nas leituras estive bem fraca, admito! Li apenas o Por Treze Razões e depois fiz a pausa típica de quem sabe que, se começar a ler livros novos, não vai estudar nem um bocadinho enquanto não os acabar.
   Quanto ao Por Treze Razões, confesso que não o achei tão bom quanto estava à espera. As expectativas eram altas depois de ter visto a série e talvez isso tenha sido um fator condicionante para ter achado que faltava muito no livro. Algumas partes surgiam do nada e senti que as personagens eram muito superficiais e que, sem a série, não iria conseguir conhecê-las verdadeiramente.
   Mesmo que ainda só tenha lido umas páginas do A Rapariga Que Roubava Livros, ele, o Comer, Orar, Amar e o Eleanor & Park são novos na estante cá de casa e serão as próximas leituras.

   O que seria a vida se, no último dia de aulas, eu não tivesse afogado todos os meus cansaços num grande menu do Mc? Deixo-vos esta questão aqui, apenas em jeito de reflexão pessoal!

   O único momento de passeio do mês foi a Ciudad-Rodrigo, como já vos mostrei aqui. Foi uma viagem rápida, mas ótima para fugir à rotina e celebrar os dias mais calmos antes dos exames. Apesar do muito calor, recarregar baterias e aproveitar foi o lema.

   Podia falar detalhadamente de tanta coisa aqui que, se o fizesse, vocês se iram fartar rapidamente destes favoritos. Junho teve muitos momentos marcantes e não posso deixar de os mencionar. Uns mais relacionados com o lazer, outros com novas aprendizagens e as emoções estiveram sempre presentes.
   O mês começou com uma feira na minha freguesia - a Feira da Cereja -, que junta um dos meus frutos preferidos à cultura e ao entretenimento de rua. Pude desfrutar de tudo isto na companhia das minhas amigas, o que tornou tudo mais divertido.
   Rapidamente chegou o fim das aulas. O fim definitivo. Falei sobre o assunto neste post e, honestamente, continuo sem acreditar que nunca mais terei aulas. Ainda assim, nesse mesmo dia comecei uma outra iniciativa: tornei-me voluntária da Liga Portuguesa Contra o Cancro, particularmente do programa des.Liga, que procura atuar junto dos jovens para os alertar para as consequências de coisas como o consumo excessivo de álcool. A nossa atuação começará, à partida, na próxima receção ao caloiro e eu mal posso esperar por isso!
   Um momento que me comoveu foi a Primeira Comunhão do meu pirralhinho. É tão estranho como o meu primo ainda há uns dias era uma bebé de colo e está já tão crescido. O tempo passa a correr e é nestas pequenas grandes celebrações que nos apercebemos disso.
   Para terminar a publicação em grande - e talvez este seja o ponto mais alto destes favoritos - inscrevi-me, finalmente, na escola de condução e vou começar as aulas em breve e, escusado será dizer, estou muito entusiasmada. Um pequeno passo para o Homem, um grande passo para mim!

   Espero que o vosso Junho tenha sido tão recheado quanto o meu e que Julho também esteja a ser maravilhoso. Acho que a partir de agora vou conseguir orientar-me para que os posts retomem o rumo normal e voltem a sair sempre às terças, quintas e sábados!






• • •
Podes acompanhar-me também aqui:
Instagram | Fanpage | Twitter 

You Might Also Like

6 comentários

  1. Acredito que um dos pontos altos tenha mesmo sido o final das aulas. Nem imagino a sensação de realização princesa! Adorei!
    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  2. Que mês fantástico! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Os livros da Rainbow cativam-me imenso, embora ainda não tenha nenhum cá por casa, infelizmente!
    Séries, adorava Scream Queens, não queria que tivessem acabado. Também adorei o final de Pll. Ultimamente ando a ver Marvel Agents of S.H.I.E.L.D que é só das melhores de sempre e estou na 4ª temporada de OUAT :)

    ResponderEliminar
  4. Que mês fantástico, boa continuação para Julho!

    ResponderEliminar
  5. Apesar dos exames e do estudo, pareces ter tido um mês recheado de coisas boas e o importante é isso! Deixa-me só dizer-te que recomendo muito o Eleanor & Park, porque já li e adorei!

    Beijinhos e bons posts,
    Bia do Bookaholic.

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela tua visita e comentário. Clica em "Notificar-me" para saberes a minha resposta.
Assim que possa irei ao teu blog retribuir o carinho. ♥